Que linguagem usar

Que linguagem usar para explicar um pensamento. Existem três escolhas óbvias...

Que linguagem usar para explicar um pensamento. Existem três escolhas óbvias: a linguagem natural, como a portuguesa; a matemática; ou uma linguagem de programação.

A linguagem natural é, pode ser, imprecisa ou ambígua, e por vezes com alguma descessaria verborreia se perde o que se queria explicar inicialmente. É uma virtude do uso da linguagem pela qual nos entendemos.

A linguagem matemática é, em certa medida, oposta da linguagem natural; permite expressar ideias formais poderosas usando poucos recursos. No entanto a linguagem matemática é muitas vezes críptica e pouco acessível para leigos sem formação específica.

A junção entre a matemática e a tecnologia fornece a terceira escolha, a escolha ideal: uma linguagem de programação. Esta partilha com a matemática a possibilidade de expressão de conceitos formais e abstractos, e com a tecnologia a vantagem do imediato, do directamente concretizado (estou a pensar no termo em inglês evaluated). O seu comportamento pode ser observado, modificado e os seus resultados e modificações logo experiênciados1.

Notas:

1. Este parágrafo alterado pode servir, serve, para fundamentar a escolha de software livre sobre qualquer outro formato.

Palavras chave/keywords: Linguagem natural, matemática, software, linguagem de programação

Última actualização/Last updated: 2014-02-20 [14:36]


1999-2014 (ç) Tiago Charters de Azevedo

São permitidas cópias textuais parciais/integrais em qualquer meio com/sem alterações desde que se mantenha este aviso.

Verbatim copying and redistribution of this entire page are permitted provided this notice is preserved.