Assunto arrumado

Não há nenhuma ameaça à liberdade de expressão. Não é à toa que os mais intolerantes afirmem o contrário. Porque lhes dá jeito. Porque querem aparecer e ser visíveis ou tornar-se visíveis. É fácil seguir esse caminho a descer e as redes digitais empurram.

Há debates que já foram feitos: direitos humanos, liberdade e igualdade. É para todos.

Até mesmo esses admitem que há debates que não valem a pena ser reabertos. Como se a terra plana ou esférica (nenhum dos casos na realidade) ou se há bruxas.

Os defensores intransigentes da liberdade de expressão não entendem a motivação daqueles que não querem ter certas conversas e vêm nisso uma marca de intolerância. Mas não podiam estar mais enganados. Há debates que não merecem ser reatados. Para que o diálogo público faça algum progresso é importante reconhecer quando um debate em particular já foi ganho. É deixá-lo estar.

Não há intolerância. O assunto é que já está arrumado. Podem estar em desacordo mas isso não significa que se esteja contra a liberdade de expressão.

O problema da defesa intransigentemente da liberdade de expressão é que funciona sempre como argumento para calar qualquer argumento contra ela. É um truque de retórica inteligente.

Mas não passa disso.

Criado/Created: 10-07-2019 [10:45]

Última actualização/Last updated: 03-09-2019 [16:20]


Voltar à página inicial.


GNU/Emacs Creative Commons License

(c) Tiago Charters de Azevedo