Escapar ao positivismo

Claro, como dizia Wittgenstein, o mundo é a totalidade dos factos. Mas faltam os valores. A realidade pode forçar-nos a acreditar em certas coisas porque elas estão à nossa frente, quer queiramos quer não. Mas a realidade não nos obriga a desejar ou acreditar em alguma coisa i.e. numa delas em particular.

Não podemos dizer que os carris de um comboio determinam a forma da coisa que por lá anda. Os carris em geral não mudam a sua forma quando algo caminha sobre eles. Se assim fosse seria impossível afirmar para onde se dirige um comboio.

Podemos olhar para uma lei natural da mesma forma. Se não se verifica temos duas formas de perceber isso: comparando com os carris e dizer que os carris estão tortos, ou admitir que não conhecia-mos bem os carris.

Logo dizer que uma lei natural compele às coisas ser como são é de alguma forma um absurdo.

Mas então falar de valores pode querer dizer exactamente que falamos dos nossos desejos.

Criado/Created: 02-06-2019 [18:53]

Última actualização/Last updated: 19-07-2019 [12:12]


Voltar à página inicial.


GNU/Emacs Creative Commons License

(c) Tiago Charters de Azevedo